Brasil: o candidato dos capitalistas

- Umberto Martins

Nestas eleições, marcadas por uma aguda polarização entre esquerda e extrema-direita, o entrechoque de interesses ganha maior nitidez no comportamento das diferentes classes e grupos sociais. As centrais sindicais decidiram marchar juntas a favor de Haddad, sinalizando uma única orientação à classe trabalhadora no segundo turno

Brasil: Prefacio para unha desfeita

- Atilio A. Boron

Cando remate o proceso electoral e se constitúa a Cámara de Deputados moi probabelmente Bolsonaro e os seus aliados cheguen a controlar os dous terzos dos votos. Con eles poderán introducir unha serie de reformas hiperretrógradas na Constitución de 1988. Unha delasvai ser a criminalización do activismo social e das organizacións sociais

Entrevista a Luciano Vasapollo: “A UE non xurdiu para garantir unha maior democracia para os pobos”

- Fabrizio Verde

A saída do euro é unha opción política máis que económica e pode ser un paso cara á solución dos graves desequilibrios estruturais das economías periféricas, que estes non son desequilibrios financeiros senón produtivos

O capitalismo e o desenvolvimento do Terceiro Mundo

- Prabhat Patnaik

As medidas de Trump têm de ser entendidas no contexto da crise que engolfou o capitalismo mundial no período da globalização neoliberal. Na raiz desta crise está o facto de que a própria relocalização de actividades das metrópoles para o terceiro mundo tem mantido baixos os salários reais nas metrópoles

Tratados comerciais, xaque mate á democracia

- Gonzalo Fernández Ortiz de Zárate

Preténdese redefinir o proxecto político-cultural do capitalismo para as próximas décadas, en función dun principio básico: xa nada pode quedar fóra da órbita capitalista, todo debe converterse nun espazo de acumulación, sen atranco ningún. Toda barreira aos mercados globais e aos negocios internacionais debe ser derrubada

O neoliberalismo está de regresso às origens

- José Goulão

Na Europa, a União Europeia é a grande responsável pela ascensão dos fascismos. Não se limitou a colaborar no golpe ucraniano que levou ao governo os banderistas saudosos de Hitler. Assistiu impávida à implantação de regimes de tendências nazi-fascistas na Hungria, na Polónia, nos Estados do Báltico, na República Checa e na Eslováquia, na Eslovénia, Croácia, na Áustria

As esquerdas portuguesas num novo ciclo

- Boaventura de Sousa Santos

Nos últimos meses, o principal ponto de fricção entre o PS e os seus aliados foi a reforma da legislação trabalhista. O projeto de lei apresentado pelo governo ao parlamento afasta-se do que fora acordado nas negociações com o Bloco de Esquerda e o Partido Comunista e foi aprovado com os votos do partido de direita, o Partido Social Democrata

Sobre a balcanización de Latinoamérica

- Alfredo Serrano Mancilla

A balcanización de Latinoamérica é un novo trazo característico da actual xeopolítica en disputa. E iso nótase cada vez máis en case todos os espazos de integración: Mercosur, Alianza do Pacífico, Unasur e ALBA

Brasil: Na reta final, lutar e vencer

- José Reinaldo Carvalho

A vitória do candidato da frente democrática, Fernando Haddad, é o antídoto à candidatura de Bolsonaro, a qual representa uma ameaça à democracia e aos valores civilizacionais, a ascensão das forças de extrema direita, fascistas, o perigo de restabelecer uma ditadura, a aplicação de políticas antissociais, a perseguição às forças de esquerda, a repressão aos movimentos sociais

Brasil: A direita veio para ficar no panorama político? Não

- Ricardo Antunes

No Brasil hoje é imperioso derrotar o fascismo. O que só é possível pelo voto claro em Haddad, que, vale dizer, significa muito mais do que votar no PT


Quizais quixo dicir:

Acontece

< Marzo 2019  
Lun Mar Mér Xov Ven Sáb Dom
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31
Próximos acontecementos
Actualmente non hai eventos próximos