A crise da democracia no neoliberalismo

- Emir Sader

A era neoliberal é así a era do esgotamento do sistema das democracias liberais. Os axentes que lle daban lexitimidade -parlamentos con representación popular, partidos con definicións ideolóxicas, sindicatos e centrais sindicais fortes, dirixentes políticos representantes de distintos proxectos políticos, medios de comunicación como espazo relativamente diversificado de debates- baleiráronse, deixando o sistema político e os gobernos suspendidos no aire

América Latina en tempos de Trump

- Katu Arkonada

Unha pantasma percorre América Latina: a pantasma do populismo de dereita. Pantasma dun cadáver, o da globalización neoliberal, que viu esgotado o seu ciclo en América Latina tras a vaga de gobernos progresistas no sur e, paradoxalmente, a vitoria de Trump no norte do continente. A morte do ALCA grazas ao impulso de Chávez, Lula, Kirchner e Fidel, así como o suicidio inducido por Trump ao TPP, pechan un ciclo de globalización capitalista. Globalización financeira, pero non de mercados e moito menos de persoas.

Brasil: Reforma trabalhista, modernização catastrófica e a miséria da República

- Giovanni Alves

O motor do crescimento da economia capitalista contido nas Reformas neoliberais de Temer é aespoliação de direitos como condição para o aumento da taxa de mais-valia visando restaurar a lucratividade no país. A burguesia financeira e a burguesia agro-industrial-minério-exportadora, numa aliança espúria entre campo e cidade, conduzem o nosso Projeto do Brasil do século XXI

Trump e a nova fase do imperialismo

- Leonardo Leite

As crises dos anos 1930 e 1870 nos ajudam a vi­su­a­lizar o mo­mento atual como uma tran­sição entre fases do im­pe­ri­a­lismo, na qual os mo­vi­mentos de Trump são ne­ces­sá­rios para ace­lerar a emer­gência do que está por vir. Com isso em mãos, apenas a in­ge­nui­dade po­deria atri­buir os mo­vi­mentos de Trump à “ig­no­rância”. O mundo ca­pi­ta­lista está des­man­te­lado e em pro­cesso de re­cons­trução por suas pró­prias ló­gicas in­ternas

Unha clase obreira reaccionaria?

- Asbjørn Wahl

A relación de forzas no lugar de traballo cambiou drasticamente, en detrimento do traballo, os sindicatos e os órganos democráticos e a favor do capital, as empresas multinacionais e as entidades financeiras

Brasil: A devastação do trabalho na contrarrevolução de Temer

- Ricardo Antunes

O objetivo do atual governo, no universo das relações de trabalho, é corroer a CLT – que a classe trabalhadora compreende como sendo sua “verdadeira Constituição do trabalho” – e dar cumprimento à “exigência” do empresariado, cujo objetivo não é outro senão instalar imediatamente uma “sociedade da terceirização total”

Entrevista a Costas Lapavitsas: "Syriza traizoou as clases populares e matou a esperanza"

- Pau Llonch

Deixar o euro e recuperar a soberanía monetaria non é unha tarefa técnica, senón profundamente política, cun fondo contido de clase. O fracaso de Syriza, en última instancia, é causa disto: non estaba preparada para a confrontación de clase, para impor os intereses das clases populares

NATO e União Europeia: a óbvia e velha geminação

- José Goulão

As instituições europeias e os Estados membros, de Lisboa a Tallinn, abraçaram o neoliberalismo puro e duro; os socialistas/sociais-democratas, antes de começarem a emergir excepções, embriagaram-se com a terceira via – o liberalismo thatcheriano à moda de Blair; tudo isto sempre a reboque da estratégia da NATO e das suas guerras sem leis, ao serviço da globalização entendida como regime neoliberal global

O Tratado de Roma e o método Jean Monnet

- Carlos Carvalhas

Os burocratas de Bruxelas ao serviço dos grandes interesses e do capital financeiro decidem o futuro dos povos, concedendo que existe não na construção, mas no funcionamento da União Europeia aquilo a que chamam candidamente e eufemisticamente «défice democrático»

A crecente vaga de militarismo estadounidense no século XXI

- James Petras

O concepto de imperialismo de Donald Trump baséase na exportación de produtos e a captura dos mercados, á vez que atrae o capital das corporacións multinacionais de regreso a Estados Unidos para que reinvistan os seus beneficios (actualmente cifrados en máis dun billón de dólares que se quedan no estranxeiro) no mercado interno


Quizais quixo dicir:

Acontece

< Maio 2021  
Lun Mar Mér Xov Ven Sáb Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31            
Próximos acontecementos
Actualmente non hai eventos próximos